Schedules and Box Office
  •  
     
    CONTEXTO | Luísa Salvador e Cristina Planas Leitão
    March 2, 2024
  • Programa
  • Saturday
    15:00
    Main Hall
    M6
    Gratuito
    Contexto | Luísa Salvador e Cristina Planas Leitão
    Moderação Andreia Garcia

    No ciclo Contexto propomos uma série de conferências onde partimos de um espetáculo da programação do Theatro Circo para colocar à conversa artistas e pessoas cujas áreas de estudo se cruzam com as temáticas e questões abordadas naquela obra. 
    Com curadoria e moderação de Andreia Garcia, no dia 2 de março acolhemos o segundo momento deste ciclo, com Luísa Salvador, artista visual e investigadora e Cristina Planas Leitão, coreógrafa, programadora de artes performativas e professora. 

    A segunda conversa do Contexto terá como tema paralelepípedo. O termo grego parallelepipedon, surge da junção de duas palavras: para allelois (um ao lado do outro) e epipedon (plano) — epi (sobre); pedon (chão). Nota importante de se fazer porque não nos interessa propriamente o corpo geométrico que se encontra definido no termo, mas a tradução da intenção de se trazer para a conversa dois contextos que surgem lado a lado, na possibilidade de refletirmos sobre as várias superfícies em que se movem estes dois corpos. Os tópicos vão desde a ideia de superfície ao imaterial; de autoria no sistema a mecanismos de criação; do processo ao resultado.


    Luísa Salvador 

    Luísa Salvador (Lisboa, PT) é artista visual e investigadora. 

    É doutoranda em História da Arte Contemporânea na NOVA FCSH, tendo sido bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Tem Mestrado em História da Arte Contemporânea da NOVA FCSH e Licenciatura em Escultura da FBAUL. Expõe regularmente desde 2012. 

    Participou no programa de residências artísticas do Festival Walk&Talk, São Miguel, Açores (2018-2021) e da Fundação Cecília Zino, Funchal, Madeira (2021), sob o mote O Sol Marca a Sombra, um programa inspirado no Grand Herbier D’Ombres de Lourdes Castro. 

    Foi vencedora do Prémio Jovens Criadores 2018 na categoria de Artes Plásticas e 2º Classificada do Prémio de Arte Edifício dos Leões 2023 / Banco Santander. 

    A par da sua prática artística desenvolve também uma atividade escrita, entre textos teóricos e crónicas. Sob o pseudónimo Luísa Montanha e Vale, fundou em 2018 a publicação trimestral Almanaque — Reportório de Arte e Esoterismo da qual é editora. É co-fundadora do podcast Debaixo das Estrelas. 
    Vive e trabalha em Lisboa.  


    Cristina Planas Leitão

    Cristina Planas Leitão é coreógrafa, programadora de artes performativas e professora.
    Atualmente, é co-Diretora Artística do Teatro Municipal do Porto, DDD - Festival Dias da Dança e CAMPUS Paulo Cunha e Silva, desde Julho 2022. 
     
    Inicia a sua colaboração com o TMP, como programadora de artes performativas em 2018, para as temporadas regulares desde 2019/2020, o Festival DDD – Dias da Dança a partir da edição de 2020 e na génese e projeto artístico do CAMPUS Paulo Cunha e Silva. 

    Colaborou como consultora artística na candidatura de Braga’27, íntegra diversos painéis de jurados, nomeadamente da PT23 e das Bolsas de Criação La Caixa / Espaço do Tempo e é nominator pela Fundação Calouste Gulbenkian para o prémio SEDA - SalavizaEuropean Dance Award. 
      
    A sua prática curatorial integrada centra-se no desenvolvimento de formatos criativos sustentáveis, novas narrativas e relações de cuidado no âmbito das artes performativas, com um interesse crescente em práticas experimentais que sejam políticas e socialmente empenhadas. Tem um forte interesse nas intersecções das práticas curatoriais e organizacionais com as de investigação e educação. Ao longo dos anos, Cristina tem esbatido as linhas das disciplinas, nacionalidades e hierarquias e vê o papel do curador como um facilitador, comprometendo-se com o antifascismo, o acesso e o cuidado. 
      
    Como coreógrafa, aborda o seu trabalho coreográfico como um ato de resistência e afeto, pesquisando temas conectados com movimentos sociais e políticos e a sua relação com o corpo performativo, na intimidade do teatro. Criou The very delicious piece e The Very Boring Piece, co-criações com Jasmina Krizaj, bear me, FM [featuring mortuum] e UM [unimal] - peça destacada pelos jornais Expresso e JN em 2018. O seu trabalho está documentado na série Portugal que Dança / RTP2 (Ep. 02). 
      
    Como professora leciona ativamente a nível internacional desde 2010, as técnicas de Flying Low e Passing Through através de uma abordagem somática e não convencional, bem como workshops em torno do conteúdo da sua prática artística. Tem também acompanhado diversos projetos como consultora de dramaturgia e estratégia. É mentora e professora regular na ArtEZ HK, Arnhem (NL).  

    Pratica Hatha Yoga (CYT 200) e estuda Astrologia Védica. 

    É Licenciada em Dança Contemporânea, ArtEZ, Arnhem (NL), 2006.  


    Apoio República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes. RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses

Saturday
15:00
Main Hall
M6
Gratuito
Contexto | Luísa Salvador e Cristina Planas Leitão
Moderação Andreia Garcia

No ciclo Contexto propomos uma série de conferências onde partimos de um espetáculo da programação do Theatro Circo para colocar à conversa artistas e pessoas cujas áreas de estudo se cruzam com as temáticas e questões abordadas naquela obra. 
Com curadoria e moderação de Andreia Garcia, no dia 2 de março acolhemos o segundo momento deste ciclo, com Luísa Salvador, artista visual e investigadora e Cristina Planas Leitão, coreógrafa, programadora de artes performativas e professora. 

A segunda conversa do Contexto terá como tema paralelepípedo. O termo grego parallelepipedon, surge da junção de duas palavras: para allelois (um ao lado do outro) e epipedon (plano) — epi (sobre); pedon (chão). Nota importante de se fazer porque não nos interessa propriamente o corpo geométrico que se encontra definido no termo, mas a tradução da intenção de se trazer para a conversa dois contextos que surgem lado a lado, na possibilidade de refletirmos sobre as várias superfícies em que se movem estes dois corpos. Os tópicos vão desde a ideia de superfície ao imaterial; de autoria no sistema a mecanismos de criação; do processo ao resultado.


Luísa Salvador 

Luísa Salvador (Lisboa, PT) é artista visual e investigadora. 

É doutoranda em História da Arte Contemporânea na NOVA FCSH, tendo sido bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Tem Mestrado em História da Arte Contemporânea da NOVA FCSH e Licenciatura em Escultura da FBAUL. Expõe regularmente desde 2012. 

Participou no programa de residências artísticas do Festival Walk&Talk, São Miguel, Açores (2018-2021) e da Fundação Cecília Zino, Funchal, Madeira (2021), sob o mote O Sol Marca a Sombra, um programa inspirado no Grand Herbier D’Ombres de Lourdes Castro. 

Foi vencedora do Prémio Jovens Criadores 2018 na categoria de Artes Plásticas e 2º Classificada do Prémio de Arte Edifício dos Leões 2023 / Banco Santander. 

A par da sua prática artística desenvolve também uma atividade escrita, entre textos teóricos e crónicas. Sob o pseudónimo Luísa Montanha e Vale, fundou em 2018 a publicação trimestral Almanaque — Reportório de Arte e Esoterismo da qual é editora. É co-fundadora do podcast Debaixo das Estrelas. 
Vive e trabalha em Lisboa.  


Cristina Planas Leitão

Cristina Planas Leitão é coreógrafa, programadora de artes performativas e professora.
Atualmente, é co-Diretora Artística do Teatro Municipal do Porto, DDD - Festival Dias da Dança e CAMPUS Paulo Cunha e Silva, desde Julho 2022. 
 
Inicia a sua colaboração com o TMP, como programadora de artes performativas em 2018, para as temporadas regulares desde 2019/2020, o Festival DDD – Dias da Dança a partir da edição de 2020 e na génese e projeto artístico do CAMPUS Paulo Cunha e Silva. 

Colaborou como consultora artística na candidatura de Braga’27, íntegra diversos painéis de jurados, nomeadamente da PT23 e das Bolsas de Criação La Caixa / Espaço do Tempo e é nominator pela Fundação Calouste Gulbenkian para o prémio SEDA - SalavizaEuropean Dance Award. 
  
A sua prática curatorial integrada centra-se no desenvolvimento de formatos criativos sustentáveis, novas narrativas e relações de cuidado no âmbito das artes performativas, com um interesse crescente em práticas experimentais que sejam políticas e socialmente empenhadas. Tem um forte interesse nas intersecções das práticas curatoriais e organizacionais com as de investigação e educação. Ao longo dos anos, Cristina tem esbatido as linhas das disciplinas, nacionalidades e hierarquias e vê o papel do curador como um facilitador, comprometendo-se com o antifascismo, o acesso e o cuidado. 
  
Como coreógrafa, aborda o seu trabalho coreográfico como um ato de resistência e afeto, pesquisando temas conectados com movimentos sociais e políticos e a sua relação com o corpo performativo, na intimidade do teatro. Criou The very delicious piece e The Very Boring Piece, co-criações com Jasmina Krizaj, bear me, FM [featuring mortuum] e UM [unimal] - peça destacada pelos jornais Expresso e JN em 2018. O seu trabalho está documentado na série Portugal que Dança / RTP2 (Ep. 02). 
  
Como professora leciona ativamente a nível internacional desde 2010, as técnicas de Flying Low e Passing Through através de uma abordagem somática e não convencional, bem como workshops em torno do conteúdo da sua prática artística. Tem também acompanhado diversos projetos como consultora de dramaturgia e estratégia. É mentora e professora regular na ArtEZ HK, Arnhem (NL).  

Pratica Hatha Yoga (CYT 200) e estuda Astrologia Védica. 

É Licenciada em Dança Contemporânea, ArtEZ, Arnhem (NL), 2006.  


Apoio República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes. RTCP – Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses

Other shows
February 24, 2024 / Others
CIRCUITO | PREFERIA NÃO O FAZER
MoreMore
March 16, 2024 / Others
CONVERSAS COM ARTISTAS | SHIVA FESHAREKI
MoreMore
April 20, 2024 / Others
109º ANIV. THEATRO CIRCO | TERRA DO NUNCA - OFICINA DE CRIAÇÃO COLABORATIVA
MoreMore
All shows
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
The use of cookies at Teatro Circo de Braga’s website serves only to register the language chosen by the user and to verify if the user accepted the cookie. If you continue to use this website, it is assumed that you accept these cookies.