Agenda e Bilheteira
  •  
     
    BRAGA PROMENADE - NONA SINFONIA DE BEETHOVEN - OFP E CORO DE BERLIM
    18 de Janeiro 2020
  • Programa
  • Sábado
    21:30
    Sala Principal
    M6
    15 €
    Cartão Quadrilátero
    7,5 €
    PROGRAMA

    LUDWIG VAN BEETHOVEN (1770-1827) – Sinfonia nº 9 em Ré menor, Op. 125, “Coral”

    I. Allegro ma non troppo, un poco maestoso
    II. Scherzo. Molto vivace - Presto
    III. Adagio molto e cantabile
    IV. Presto - Allegro assai
    Allegro molto assai (Alla marcia)
    Andante maestoso - Adagio ma non troppo, ma devoto
    Allegro energico, sempre ben marcato - Allegro ma non tanto - Prestissimo

    Philharmonischer Kammerchor Berlin
    Orquestra Filarmónica Portuguesa

    Osvaldo Ferreira - maestro
    Sarah Behrendt - soprano
    Lisa Wedekind - mezzo-soprano
    Marco Alves dos Santos - tenor
    Christian Oldenburg - barítono

    O Coro de Câmara Filarmónico de Berlim tem-se posicionado, desde a sua fundação, como um dos mais extraordinários coros desta cidade alemã.
    Os seus membros são ambiciosos jovens estudantes de canto, oriundos de várias regiões da Alemanha, que combinam o seu amor pela música coral, ao mais alto nível, com interpretações inspiradoras e significativas.
    A experiência dos profissionais, em paralelo com o entusiasmo frenético dos estudantes, resulta numa mistura empolgante, na qual todos são estimulados a darem o seu melhor contributo - todos são importantes, ativos e dão forma à música. E assim, as obras dos séculos XVII, XVIII, XIX ou XX soam sempre atuais e vivas. Os programas variados são complementados por obras-primas populares e peças charmosas, quase desconhecidas, apresentando-as numa visão nova e fresca.

    Fundada em maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade, a Orquestra Filarmónica Portuguesa (OFP) rapidamente captou a atenção do meio musical e artístico português, sendo já amplamente reconhecida, pelo público e pela crítica, como uma das melhores orquestras sinfónicas nacionais. O elevado padrão de exigência impresso desde a sua génese, levam-na a integrar um conjunto de músicos de elevado nível técnico e artístico, como sejam instrumentistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra Jovem da União Europeia e músicos estrangeiros residentes em Portugal. Ao juntarem-se a este projeto diferenciador e inovador, estes músicos contribuíram para a criação de uma orquestra que é já, hoje, uma referência e um símbolo de qualidade.
    A Orquestra Filarmónica Portuguesa produz concertos sinfónicos, ópera e promove ligações a outros géneros artísticos, numa procura constante do desenvolvimento de eventos e espetáculos diferenciadores e únicos, construindo, desta forma, a reputação de ser uma orquestra ímpar no panorama musical português, pela sua versatilidade, ecletismo e visão de futuro.

    Apoio:




  • Informação
  • https://www.pwc.pt/
Sábado
21:30
Sala Principal
M6
15 €
Cartão Quadrilátero
7,5 €
PROGRAMA

LUDWIG VAN BEETHOVEN (1770-1827) – Sinfonia nº 9 em Ré menor, Op. 125, “Coral”

I. Allegro ma non troppo, un poco maestoso
II. Scherzo. Molto vivace - Presto
III. Adagio molto e cantabile
IV. Presto - Allegro assai
Allegro molto assai (Alla marcia)
Andante maestoso - Adagio ma non troppo, ma devoto
Allegro energico, sempre ben marcato - Allegro ma non tanto - Prestissimo

Philharmonischer Kammerchor Berlin
Orquestra Filarmónica Portuguesa

Osvaldo Ferreira - maestro
Sarah Behrendt - soprano
Lisa Wedekind - mezzo-soprano
Marco Alves dos Santos - tenor
Christian Oldenburg - barítono

O Coro de Câmara Filarmónico de Berlim tem-se posicionado, desde a sua fundação, como um dos mais extraordinários coros desta cidade alemã.
Os seus membros são ambiciosos jovens estudantes de canto, oriundos de várias regiões da Alemanha, que combinam o seu amor pela música coral, ao mais alto nível, com interpretações inspiradoras e significativas.
A experiência dos profissionais, em paralelo com o entusiasmo frenético dos estudantes, resulta numa mistura empolgante, na qual todos são estimulados a darem o seu melhor contributo - todos são importantes, ativos e dão forma à música. E assim, as obras dos séculos XVII, XVIII, XIX ou XX soam sempre atuais e vivas. Os programas variados são complementados por obras-primas populares e peças charmosas, quase desconhecidas, apresentando-as numa visão nova e fresca.

Fundada em maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade, a Orquestra Filarmónica Portuguesa (OFP) rapidamente captou a atenção do meio musical e artístico português, sendo já amplamente reconhecida, pelo público e pela crítica, como uma das melhores orquestras sinfónicas nacionais. O elevado padrão de exigência impresso desde a sua génese, levam-na a integrar um conjunto de músicos de elevado nível técnico e artístico, como sejam instrumentistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra Jovem da União Europeia e músicos estrangeiros residentes em Portugal. Ao juntarem-se a este projeto diferenciador e inovador, estes músicos contribuíram para a criação de uma orquestra que é já, hoje, uma referência e um símbolo de qualidade.
A Orquestra Filarmónica Portuguesa produz concertos sinfónicos, ópera e promove ligações a outros géneros artísticos, numa procura constante do desenvolvimento de eventos e espetáculos diferenciadores e únicos, construindo, desta forma, a reputação de ser uma orquestra ímpar no panorama musical português, pela sua versatilidade, ecletismo e visão de futuro.

Apoio:




Outros espetáculos
2 a 4 de Setembro 2020 / Teatro
A CRIATURA
Ver maisVer mais
5 de Setembro 2020 / Música
MIGUEL ANGELO convida FILIPE SAMBADO E CHINASKEE
Ver maisVer mais
11 de Setembro a 31 de Outubro 2020 / Outros
ENCONTROS DA IMAGEM - Exposição Omar Imam
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.