Agenda e Bilheteira
  •  
     
    HUMIDADE
    17 a 20 de Dezembro 2019
  • Programa
  • Terça - 21:30
    Quarta - 21:30
    Quinta - 21:30
    Sexta - 15:00
    Sexta - 21:30
    Pequeno Auditório
    M14
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €
    'Ofereça Cultura neste Natal” - na compra de bilhete para assistir ao espectáculo 'Humidade' (de 17 a 20 de Dezembro) receba um voucher para a reposição do espetáculo em Janeiro. (Campanha válida na bilheteira local do Theatro Circo)

    Vindos dos outros lados do mundo, Ela e Ele, o Outro e a Outra, Um e Uma, “desencontram-se” num hostel de uma cidade húmida (Braga, Santiago). Cruzamentos de vidas em viagem, presas pela chave da porta. A fobia do encontro no enquadramento da foto, a vontade de representar no Skype e a solidão que a chuva miudinha acentua. Parafraseando Hopper, não existe uma distância demasiado fria. A coisa foi vista. O tempo parou. E os personagens vivem um acontecimento apaixonante, num quadro do desespero da nossa contemporaneidade.Rui Madeira

    Autor: Bárbara Colio | Tradução: Ivonete da Silva Isidoro | Encenação: Rui Madeira | Cenografia e vídeo arte: Acácio Carvalho | Figurinos: Manuela Bronze | Iluminação: Nilton Teixeira | Design gráfico: Carlos Sampaio | Som: Pedro Pinto (centro de criação de vídeo e som / Maria Augusta Produções) Elenco: André Laires, Solange Sá

    Duração prevista: 1h20 


Terça - 21:30
Quarta - 21:30
Quinta - 21:30
Sexta - 15:00
Sexta - 21:30
Pequeno Auditório
M14
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €
'Ofereça Cultura neste Natal” - na compra de bilhete para assistir ao espectáculo 'Humidade' (de 17 a 20 de Dezembro) receba um voucher para a reposição do espetáculo em Janeiro. (Campanha válida na bilheteira local do Theatro Circo)

Vindos dos outros lados do mundo, Ela e Ele, o Outro e a Outra, Um e Uma, “desencontram-se” num hostel de uma cidade húmida (Braga, Santiago). Cruzamentos de vidas em viagem, presas pela chave da porta. A fobia do encontro no enquadramento da foto, a vontade de representar no Skype e a solidão que a chuva miudinha acentua. Parafraseando Hopper, não existe uma distância demasiado fria. A coisa foi vista. O tempo parou. E os personagens vivem um acontecimento apaixonante, num quadro do desespero da nossa contemporaneidade.Rui Madeira

Autor: Bárbara Colio | Tradução: Ivonete da Silva Isidoro | Encenação: Rui Madeira | Cenografia e vídeo arte: Acácio Carvalho | Figurinos: Manuela Bronze | Iluminação: Nilton Teixeira | Design gráfico: Carlos Sampaio | Som: Pedro Pinto (centro de criação de vídeo e som / Maria Augusta Produções) Elenco: André Laires, Solange Sá

Duração prevista: 1h20 


Outros espetáculos
24 de Janeiro 2020 / Teatro
VIDAS ÍNTIMAS
Ver maisVer mais
25 de Janeiro 2020 / Música
JANEIRO SESSIONS LIVE TOUR - com Miguel Araújo
Ver maisVer mais
26 de Janeiro 2020 / Música
BRAGA PROMENADE - RECITAL DE PIANO COM YULIANNA AVDEEVA
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.