Agenda e Bilheteira
  •  
     
    AS CADEIRAS
    12 e 13 de Novembro 2019
  • Programa
  • Terça - 21:30
    Quarta - 21:30
    Sala Principal
    M12
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €
    “As Cadeiras” é a terceira peça de Eugène Ionesco, sendo considerada uma das suas obras-primas e um belo exemplo do seu teatro do absurdo. Como é habitual em Ionesco, a peça repousa sobre uma ambivalência desconcertante: oscila permanentemente entre cómico e trágico, o sonho e o pesadelo. O mestre do teatro do absurdo, para quem “o cómico é trágico e a tragédia do homem, irrisória”, via esta peça como uma “farsa trágica”. Dois velhos, de 94 e 95 anos, vivem isolados numa casa situada numa ilha batida pelas vagas. Para alegrar a solidão e o seu amor fora do comum, repetem incansavelmente as mesmas histórias. Mas o velho homem, autor e pensador, possui uma mensagem universal que quer comunicar à humanidade.

    Texto: Eugène Ionesco | Encenação: António Pires | Interpretação: Carmen Santos, Luís Lima Barreto e Rafael Fonseca | Música: Miguel Sá Pessoa | Cenografia: Alexandre Oliveira | Figurinos: Luís Mesquita | Produção: Ar de Filmes / Teatro do Bairro

    Duração prevista: 1h30

    Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Terça - 21:30
Quarta - 21:30
Sala Principal
M12
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €
“As Cadeiras” é a terceira peça de Eugène Ionesco, sendo considerada uma das suas obras-primas e um belo exemplo do seu teatro do absurdo. Como é habitual em Ionesco, a peça repousa sobre uma ambivalência desconcertante: oscila permanentemente entre cómico e trágico, o sonho e o pesadelo. O mestre do teatro do absurdo, para quem “o cómico é trágico e a tragédia do homem, irrisória”, via esta peça como uma “farsa trágica”. Dois velhos, de 94 e 95 anos, vivem isolados numa casa situada numa ilha batida pelas vagas. Para alegrar a solidão e o seu amor fora do comum, repetem incansavelmente as mesmas histórias. Mas o velho homem, autor e pensador, possui uma mensagem universal que quer comunicar à humanidade.

Texto: Eugène Ionesco | Encenação: António Pires | Interpretação: Carmen Santos, Luís Lima Barreto e Rafael Fonseca | Música: Miguel Sá Pessoa | Cenografia: Alexandre Oliveira | Figurinos: Luís Mesquita | Produção: Ar de Filmes / Teatro do Bairro

Duração prevista: 1h30

Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Outros espetáculos
19 de Novembro 2019 / Teatro
O CEREJAL
Ver maisVer mais
22 e 23 de Novembro 2019 /
VELHⒶS
Ver maisVer mais
23 de Novembro 2019 / Outros
Filme-concerto Tresor&Bosxh
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.