Agenda e Bilheteira
  •  
     
    HINDI ZAHRA
    25 de Maio 2019
  • Programa
  • Sábado
    21:30
    Sala Principal
    M12
    18 €
    Cartão Quadrilátero
    9 €
    A Marroquina Hindi Zahara traz na bagagem o seu mais recente disco, “Homeland”, um álbum autobiográfico e um espelho das múltiplas influências culturais que desaguam no seu país. À incontornável herança Berber, a música de Hindi Zahara acrescenta o amor pelos ritmos do Brasil, Cabo Verde, Índia ou Irão e não perde de vista linguagens musicais como o Jazz e o Blues. Descoberta e aclamada internacionalmente em 2010, após o lançamento do ábum “Homemade”, Hindi foi comparada a Billie Holiday e a sua atitude mereceu-lhe ainda a designação de “Patti Smith do Norte de África”. 

    1.ª parte - Labaq

    Em tempos onde as sombras parecem ser os faróis que opacam p nosso dia a dia, é necessário encontrar a luz que levamos dentro para conseguirmos iluminar o nosso caminho e podermos seguir dando passos para a frente. Labaq levou isto ao pé da letra. Ao menos assim deixou claro em “Lux” (Voa Music, 2019), um álbum que traz uma reviravolta estética no seu som, mas que também soa como um manifesto artístico-político e a reivindicação de que cada um pode ser o seu próprio farol.
Sábado
21:30
Sala Principal
M12
18 €
Cartão Quadrilátero
9 €
A Marroquina Hindi Zahara traz na bagagem o seu mais recente disco, “Homeland”, um álbum autobiográfico e um espelho das múltiplas influências culturais que desaguam no seu país. À incontornável herança Berber, a música de Hindi Zahara acrescenta o amor pelos ritmos do Brasil, Cabo Verde, Índia ou Irão e não perde de vista linguagens musicais como o Jazz e o Blues. Descoberta e aclamada internacionalmente em 2010, após o lançamento do ábum “Homemade”, Hindi foi comparada a Billie Holiday e a sua atitude mereceu-lhe ainda a designação de “Patti Smith do Norte de África”. 

1.ª parte - Labaq

Em tempos onde as sombras parecem ser os faróis que opacam p nosso dia a dia, é necessário encontrar a luz que levamos dentro para conseguirmos iluminar o nosso caminho e podermos seguir dando passos para a frente. Labaq levou isto ao pé da letra. Ao menos assim deixou claro em “Lux” (Voa Music, 2019), um álbum que traz uma reviravolta estética no seu som, mas que também soa como um manifesto artístico-político e a reivindicação de que cada um pode ser o seu próprio farol.
Outros espetáculos
11 a 19 de Junho 2019 / Teatro
UM PICASSO
Ver maisVer mais
17 de Junho 2019 / Cinema
FOXTROT
Ver maisVer mais
21 de Junho 2019 / Música
INDIGNU
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.