Agenda e Bilheteira
  •  
     
    A CANÇÃO DA FLORESTA
    11 e 12 de Janeiro 2023
  • Programa
  • Quarta - 11:00
    Quarta - 15:00
    Quarta - 21:30
    Quinta - 11:00
    Quinta - 15:00
    Pequeno Auditório
    M3
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €
    11 e 12 janeiro, quarta e quinta, 11h00 e 15h00 - sessões para escolas
    11 janeiro, quarta, 21h30 - sessão para público geral

    A Canção da Floresta é uma obra clássica da literatura ucraniana escrita em 1911 pela famosa poetisa Lesya Ukrainka. É o primeiro arquétipo de fantasia na dramaturgia ucraniana, em que a autora usou todo o panteão da mitologia nacional. Uma história sobre a coexistência harmoniosa do homem e da natureza, tema que permanece relevante hoje: a destruição da natureza pelo homem não parou ainda. O espectáculo, dirigido por Olga Turutia-Prasolova, para actores e marionetas, que reúne um elenco de portugueses e ucranianos. É uma produção da CTB no contexto do projecto Stage,Home of the World que decorre desde Maio deste ano, acolhendo na companhia dez artistas de teatro da Ucrânia com o apoio do DST Group.Um espectáculo para toda a família.

    Texto: Lesya Ukrainka
    Adaptação e encenação: Olga Turutia-Prasolova
    Tradução: Galyna Ilyuk e Sílvia Brito
    Cenografia, adereços, marionetas e figurinos: Olga Turutia-Prasolova
    Criação sonora: Grasiela Müller
    Criação vídeo e fotografia: Jorge Lucas
    Desenho de luz: Nilton Teixeira
    Elenco: Carlos Feio, Eduarda Filipa, Nadya Korbut, Oleg Teliatnyk, Olha Antonyuk, Rogério Boane, Vera Shevchenko

    Duração prevista: 1h30
Quarta - 11:00
Quarta - 15:00
Quarta - 21:30
Quinta - 11:00
Quinta - 15:00
Pequeno Auditório
M3
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €
11 e 12 janeiro, quarta e quinta, 11h00 e 15h00 - sessões para escolas
11 janeiro, quarta, 21h30 - sessão para público geral

A Canção da Floresta é uma obra clássica da literatura ucraniana escrita em 1911 pela famosa poetisa Lesya Ukrainka. É o primeiro arquétipo de fantasia na dramaturgia ucraniana, em que a autora usou todo o panteão da mitologia nacional. Uma história sobre a coexistência harmoniosa do homem e da natureza, tema que permanece relevante hoje: a destruição da natureza pelo homem não parou ainda. O espectáculo, dirigido por Olga Turutia-Prasolova, para actores e marionetas, que reúne um elenco de portugueses e ucranianos. É uma produção da CTB no contexto do projecto Stage,Home of the World que decorre desde Maio deste ano, acolhendo na companhia dez artistas de teatro da Ucrânia com o apoio do DST Group.Um espectáculo para toda a família.

Texto: Lesya Ukrainka
Adaptação e encenação: Olga Turutia-Prasolova
Tradução: Galyna Ilyuk e Sílvia Brito
Cenografia, adereços, marionetas e figurinos: Olga Turutia-Prasolova
Criação sonora: Grasiela Müller
Criação vídeo e fotografia: Jorge Lucas
Desenho de luz: Nilton Teixeira
Elenco: Carlos Feio, Eduarda Filipa, Nadya Korbut, Oleg Teliatnyk, Olha Antonyuk, Rogério Boane, Vera Shevchenko

Duração prevista: 1h30
Outros espetáculos
26 e 27 de Junho 2024 / Teatro
CTB: Endgame - Samuel Beckett
Ver maisVer mais
29 de Junho 2024 / Teatro
Crianças ao Poder: Eu não sabia que podia - Os Possessos
Ver maisVer mais
7 de Julho 2024 / Teatro
Braga En’Cena: Passa Por Mim na Arcada - Grupo Cénico de Arentim
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Teatro Circo de Braga, EM, S.A. usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.