Agenda e Bilheteira
  •  
     
    HANDEL… LÁ COM ESSA MÚSICA - CANCELAMENTO
    25 de Fevereiro 2021
  • Programa
  • Quinta - 11:00
    Quinta - 15:00
    Sala Principal
    M3
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €
    AVISO

    No cumprimento das medidas previstas no Decreto que regulamenta a renovação do Estado de Emergência, informamos que o Theatro Circo procedeu ao cancelamento dos espetáculos agendados até 1 de março, designadamente da apresentação da peça 'Handel... lá com essa música'.

    Os espectadores que já adquiriram bilhetes para este espetáculo e que pretendam o reembolso, devem considerar o seguinte: 
    para bilhetes adquiridos na bilheteira do Theatro Circo: a devolução deverá ser requisitada na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de 30 dias;
    para bilhetes adquiridos na BOL Online: a devolução deverá ser requisitada diretamente à BOL, a partir do dia de amanhã e durante o período máximo de 30 dias;
    para bilhetes adquiridos nos pontos de venda externos: a devolução deverá ser requisitada no local onde estes foram adquiridos, a partir do dia de amanhã (ou da data fixada para uma nova abertura ao público) e durante o período máximo de 30 dias ;
    para troca de bilhete por outro espetáculo: apenas possível na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de um mês;

    Para esclarecimentos adicionais, deverá enviar email para bilheteira@theatrocirco.com 
    Desde já, agradecemos a compreensão e pedimos desculpa pelo incómodo. 


    Esta história é sobre dois reis ingleses chamados Jorge (George, em inglês) e duas músicas que o compositor alemão também chamado Jorge (Georg, em alemão) Friedrich Händel escreveu para eles no século XVIII. Primeiro, foi o Rei Jorge I quem pediu a Händel que lhe fizesse uma música sobre a água, para ele poder ouvir dentro do rio Tamisa numa noite de Verão durante as Festas de Londres. Música Aquática (de 1717) foi um grande sucesso – colcheias e semi-colcheias cheias de água lá dentro criaram uma música maravilhosa, que nesse dia transformou o rio no palco de um grande concerto. Foi num domingo esplendoroso, o Rei Jorge I disse um poema que ele tinha escrito, e depois todos mergulharam, e descobriram que o que havia dentro do rio era o que havia fora do rio – menos os peixes.Muito tempo depois, foi a vez de o Rei Jorge II pedir a Händel que compusesse uma música sobre o fogo. Händel pegou na sua pena, e vai disto: uma música a arder quase pegava fogo às partituras, não fosse dar-se o caso de aquele ser um fogo de paz, que incendiou os corações de todos para celebrar o fim da guerra. Música para os Reais Fogos-de-Artifício (de 1749) também foi um grande sucesso, e todos dançaram uns com os outros, e Händel até dançou com o próprio rei, como as senhoras sem par nos bailaricos.

    Intérpretes: Anabel Ribeiro, Carolina Dominguez, João Farraia, João Maionde e Marco Trindade | Cenografia e figurinos: Jean-Guy Lecat | Desenho de luz: José Carlos Nascimento | Marionetas e Adereços: Maria João Vieira e Teresa Varela | Fotografia: Rui Carlos Mateus 

    Duração prevista: 50 minutos
    Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Quinta - 11:00
Quinta - 15:00
Sala Principal
M3
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €
AVISO

No cumprimento das medidas previstas no Decreto que regulamenta a renovação do Estado de Emergência, informamos que o Theatro Circo procedeu ao cancelamento dos espetáculos agendados até 1 de março, designadamente da apresentação da peça 'Handel... lá com essa música'.

Os espectadores que já adquiriram bilhetes para este espetáculo e que pretendam o reembolso, devem considerar o seguinte: 
para bilhetes adquiridos na bilheteira do Theatro Circo: a devolução deverá ser requisitada na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de 30 dias;
para bilhetes adquiridos na BOL Online: a devolução deverá ser requisitada diretamente à BOL, a partir do dia de amanhã e durante o período máximo de 30 dias;
para bilhetes adquiridos nos pontos de venda externos: a devolução deverá ser requisitada no local onde estes foram adquiridos, a partir do dia de amanhã (ou da data fixada para uma nova abertura ao público) e durante o período máximo de 30 dias ;
para troca de bilhete por outro espetáculo: apenas possível na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de um mês;

Para esclarecimentos adicionais, deverá enviar email para bilheteira@theatrocirco.com 
Desde já, agradecemos a compreensão e pedimos desculpa pelo incómodo. 


Esta história é sobre dois reis ingleses chamados Jorge (George, em inglês) e duas músicas que o compositor alemão também chamado Jorge (Georg, em alemão) Friedrich Händel escreveu para eles no século XVIII. Primeiro, foi o Rei Jorge I quem pediu a Händel que lhe fizesse uma música sobre a água, para ele poder ouvir dentro do rio Tamisa numa noite de Verão durante as Festas de Londres. Música Aquática (de 1717) foi um grande sucesso – colcheias e semi-colcheias cheias de água lá dentro criaram uma música maravilhosa, que nesse dia transformou o rio no palco de um grande concerto. Foi num domingo esplendoroso, o Rei Jorge I disse um poema que ele tinha escrito, e depois todos mergulharam, e descobriram que o que havia dentro do rio era o que havia fora do rio – menos os peixes.Muito tempo depois, foi a vez de o Rei Jorge II pedir a Händel que compusesse uma música sobre o fogo. Händel pegou na sua pena, e vai disto: uma música a arder quase pegava fogo às partituras, não fosse dar-se o caso de aquele ser um fogo de paz, que incendiou os corações de todos para celebrar o fim da guerra. Música para os Reais Fogos-de-Artifício (de 1749) também foi um grande sucesso, e todos dançaram uns com os outros, e Händel até dançou com o próprio rei, como as senhoras sem par nos bailaricos.

Intérpretes: Anabel Ribeiro, Carolina Dominguez, João Farraia, João Maionde e Marco Trindade | Cenografia e figurinos: Jean-Guy Lecat | Desenho de luz: José Carlos Nascimento | Marionetas e Adereços: Maria João Vieira e Teresa Varela | Fotografia: Rui Carlos Mateus 

Duração prevista: 50 minutos
Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Outros espetáculos
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.