Agenda e Bilheteira
  •  
     
    Gostava de estar viva para vê-los sofrer
    14 de Dezembro 2021
  • Programa
  • Terça - 21:30
    Quarta - 21:30
    Quinta - 21:30
    Sala Principal
    M12
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €

    MOSTRA ESPANHA 21

    Companhia de Teatro de Braga

    “Isto o vi eu. E continuo viva. E ainda há quem não queira inteirar-se.”

    A dureza testemunhal é uma das principais qualidades deste texto seco e sórdido de Aub. Não quero que ninguém me console, diz Emma Blumennthal ao resistir à tentação melodramática e ao esquecimento. Tenta mitigar a sua própria amargura por todas as perdas, encontrando-lhes um sentido e uma missão. E a sua missão é o testemunho, a presença e a denúncia: isso eu vi. Sim! E ainda estou viva. E ainda há quem não queira inteirar-se. As suas palavras assumem uma dimensão enorme e justificam a sua presença diante de nós. Apesar do sofrimento, aquela mulher torturada pela vida e pela história decide ir em frente, viver, lutar e, acima de tudo, recordar, porque como diz: se não houver memória, para que se vive? Isto explica claramente a nossa proposta: romper as fronteiras do silêncio e do esquecimento. Por isso veio, para que nos deixe observar sua miséria e degradação, por isso vamos pôr em cena este texto; para não esquecer aqueles que viveram estas e outras guerras, recordar as vítimas dos totalitarismos aniquilantes e avisar para o perigo de uma sociedade que roça a debilidade. Para reivindicar o valor do teatro testemunho do exílio, como um instrumento vivo e eficaz para interpelar a sociedade. - Ignácio Garcia

    Encenação: Ignácio Garcia /espanha /méxico| Assistente de encenação: Solange Sá | Tradução: Ivonete da Silva Isidoro| Cenografia: José Manuel Castanheira| Figurinos: Manuela Bronze| Desenho de luz: Bohumil Palewic| Criação vídeo: Frederico Bustorff | com Ana Bustorff (atriz convidada)


    AVISO

    Com a declaração do estado de calamidade e implementação das novas medidas para controlo do risco de contágio por Covid-19, a partir de 1 de dezembro de 2021, no acesso aos eventos que se realizam no Theatro Circo será necessário verificar a validade de, pelo menos, uma das seguintes condições: 

    - Apresentação de Certificado Digital de Vacinação anti-SARS-CoV-2 com um mínimo de 14 dias;
    - Apresentação de certificado de teste negativo para a Covid-19, sendo aceite o teste de amplificação de ácidos nucleicos (TAAN), realizado até 72h antes do evento; ou comprovativo de teste rápido de antigénio (TRAg), realizado 48h antes do início do evento (não são aceites autotestes nem testes que não venham acompanhados do respetivo resultado laboratorial).
    No ato de apresentação do certificado, será também solicitado documento de identificação. 
    Não serão efetuados testes no local. 
    Não é requerida a apresentação de teste ou Certificado Digital a menores de 12 anos. 
    As portas abrem 30 minutos antes da hora marcada. A validação das condições de acesso pode atrasar as operações de acesso ao Theatro, pelo que solicitamos que planeie a sua chegada um pouco mais cedo do que o habitual. 

    Os espectadores que adquiriram bilhetes até 1 de dezembro e que, dada a aplicação desta medida, fiquem impedidos de aceder aos eventos e que pretendam o reembolso, devem solicitá-lo até à data de realização do espetáculo, no ponto de venda onde adquiriram o bilhete. Para esclarecimentos adicionais, deverá enviar email para bilheteira@theatrocirco.com.

    Desde já, agradecemos a compreensão e pedimos desculpa pelo incómodo.




Terça - 21:30
Quarta - 21:30
Quinta - 21:30
Sala Principal
M12
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €

MOSTRA ESPANHA 21

Companhia de Teatro de Braga

“Isto o vi eu. E continuo viva. E ainda há quem não queira inteirar-se.”

A dureza testemunhal é uma das principais qualidades deste texto seco e sórdido de Aub. Não quero que ninguém me console, diz Emma Blumennthal ao resistir à tentação melodramática e ao esquecimento. Tenta mitigar a sua própria amargura por todas as perdas, encontrando-lhes um sentido e uma missão. E a sua missão é o testemunho, a presença e a denúncia: isso eu vi. Sim! E ainda estou viva. E ainda há quem não queira inteirar-se. As suas palavras assumem uma dimensão enorme e justificam a sua presença diante de nós. Apesar do sofrimento, aquela mulher torturada pela vida e pela história decide ir em frente, viver, lutar e, acima de tudo, recordar, porque como diz: se não houver memória, para que se vive? Isto explica claramente a nossa proposta: romper as fronteiras do silêncio e do esquecimento. Por isso veio, para que nos deixe observar sua miséria e degradação, por isso vamos pôr em cena este texto; para não esquecer aqueles que viveram estas e outras guerras, recordar as vítimas dos totalitarismos aniquilantes e avisar para o perigo de uma sociedade que roça a debilidade. Para reivindicar o valor do teatro testemunho do exílio, como um instrumento vivo e eficaz para interpelar a sociedade. - Ignácio Garcia

Encenação: Ignácio Garcia /espanha /méxico| Assistente de encenação: Solange Sá | Tradução: Ivonete da Silva Isidoro| Cenografia: José Manuel Castanheira| Figurinos: Manuela Bronze| Desenho de luz: Bohumil Palewic| Criação vídeo: Frederico Bustorff | com Ana Bustorff (atriz convidada)


AVISO

Com a declaração do estado de calamidade e implementação das novas medidas para controlo do risco de contágio por Covid-19, a partir de 1 de dezembro de 2021, no acesso aos eventos que se realizam no Theatro Circo será necessário verificar a validade de, pelo menos, uma das seguintes condições: 

- Apresentação de Certificado Digital de Vacinação anti-SARS-CoV-2 com um mínimo de 14 dias;
- Apresentação de certificado de teste negativo para a Covid-19, sendo aceite o teste de amplificação de ácidos nucleicos (TAAN), realizado até 72h antes do evento; ou comprovativo de teste rápido de antigénio (TRAg), realizado 48h antes do início do evento (não são aceites autotestes nem testes que não venham acompanhados do respetivo resultado laboratorial).
No ato de apresentação do certificado, será também solicitado documento de identificação. 
Não serão efetuados testes no local. 
Não é requerida a apresentação de teste ou Certificado Digital a menores de 12 anos. 
As portas abrem 30 minutos antes da hora marcada. A validação das condições de acesso pode atrasar as operações de acesso ao Theatro, pelo que solicitamos que planeie a sua chegada um pouco mais cedo do que o habitual. 

Os espectadores que adquiriram bilhetes até 1 de dezembro e que, dada a aplicação desta medida, fiquem impedidos de aceder aos eventos e que pretendam o reembolso, devem solicitá-lo até à data de realização do espetáculo, no ponto de venda onde adquiriram o bilhete. Para esclarecimentos adicionais, deverá enviar email para bilheteira@theatrocirco.com.

Desde já, agradecemos a compreensão e pedimos desculpa pelo incómodo.




Outros espetáculos
28 de Junho a 2 de Julho 2022 / Outros
CRIANÇAS AO PODER | INSTALAÇÃO 'TELL ME WHERE TO GO!'
Ver maisVer mais
28 de Junho a 2 de Julho 2022 / Outros
CRIANÇAS AO PODER | MÚSICA PARA BEBÉS
Ver maisVer mais
1 de Julho 2022 / Teatro
CRIANÇAS AO PODER | O PEQUENO LIVRO DOS MEDOS
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Teatro Circo de Braga, EM, S.A. usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.