Agenda e Bilheteira
  •  
     
    TIMÃO DE ATENAS
    27 de Abril 2018
  • Programa
  • Sexta
    21:30
    Sala Principal
    M12
    12
    Cartão Quadrilátero
    6 €
    Timão de Atenas é a mais implacável obra de Shakespeare sobre a misantropia e constitui quase um insulto moral à depravação humana, recusando suavizar a angústia e a amargura resultante do embate frontal que se produz no seu seio com a avareza e a ingratidão. Ontem como Hoje, conflitos políticos terminam em impasses ou na vitória dos oportunistas; a populaça e seus líderes são instáveis e medrosos; a virtude cede ao interesse. O retrato que Shakespeare faz de nós em Timão de Atenas é surpreendente na sua contemporaneidade. Na acuidade da reflexão e critica da natureza política e social da humanidade, por mais globalizada e digitalmente comprimida que esteja. No sarcasmo e desanimo para com a absurdidade trágica da vida. Neste sentido esta peça permanece sombria e desalentadora até o final, constituindo um severo retrato da vilania humana e da corrupção.

    Encenação Nuno Cardoso Tradução Fernando Villa-Boas | Cenografia F. Ribeiro | Desenho de luz José Álvaro Correia | Música e Sonoplastia Pedro Lima | Figurinos Fernando Nunes | Produção Marca d´água | Interpretação: Afonso Santos, António Parra, João Melo, Joana Carvalho, Luís Araújo, Margarida Carvalho, Mário Santos, Miguel Loureiro, Pedro Frias, Rodrigo Santos e Sérgio Sá Cunha | CoProdução: Ao Cabo Teatro, Teatro Municipal do Porto, Centro Cultural Vila Flor, Teatro Municipal São Luiz.
Sexta
21:30
Sala Principal
M12
12
Cartão Quadrilátero
6 €
Timão de Atenas é a mais implacável obra de Shakespeare sobre a misantropia e constitui quase um insulto moral à depravação humana, recusando suavizar a angústia e a amargura resultante do embate frontal que se produz no seu seio com a avareza e a ingratidão. Ontem como Hoje, conflitos políticos terminam em impasses ou na vitória dos oportunistas; a populaça e seus líderes são instáveis e medrosos; a virtude cede ao interesse. O retrato que Shakespeare faz de nós em Timão de Atenas é surpreendente na sua contemporaneidade. Na acuidade da reflexão e critica da natureza política e social da humanidade, por mais globalizada e digitalmente comprimida que esteja. No sarcasmo e desanimo para com a absurdidade trágica da vida. Neste sentido esta peça permanece sombria e desalentadora até o final, constituindo um severo retrato da vilania humana e da corrupção.

Encenação Nuno Cardoso Tradução Fernando Villa-Boas | Cenografia F. Ribeiro | Desenho de luz José Álvaro Correia | Música e Sonoplastia Pedro Lima | Figurinos Fernando Nunes | Produção Marca d´água | Interpretação: Afonso Santos, António Parra, João Melo, Joana Carvalho, Luís Araújo, Margarida Carvalho, Mário Santos, Miguel Loureiro, Pedro Frias, Rodrigo Santos e Sérgio Sá Cunha | CoProdução: Ao Cabo Teatro, Teatro Municipal do Porto, Centro Cultural Vila Flor, Teatro Municipal São Luiz.
Outros espetáculos
27 de Setembro 2018 / Música
Cati Freitas
Ver maisVer mais
28 de Setembro 2018 / Música
GONÇALO + EQUATIONS
Ver maisVer mais
29 de Setembro 2018 / Teatro
O deus da carnificina
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud