Agenda e Bilheteira
  •  
     
    THEATRO – UM ENSAIO GERAL
    5 a 7 de Fevereiro 2016
  • Programa
  • Sexta - 21:30
    Sábado - 21:30
    Domingo - 16:30
    Sala Principal
    M6
    12 €
    Cartão Quadrilátero
    6€
    Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga

    05 e 06 fevereiro, sexta e sábado, 21h30
    07 fevereiro, domingo, 16h30

    É o ano de 1915. A inauguração do Theatro Circo aproxima-se - mas as obras ainda não estão terminadas... O perfecionismo do arquiteto e dos trabalhadores colide com a ansiedade dos músicos e atores, desejosos de ensaiar naquele espaço. Jacinto, único trabalhador assumidamente míope no teatro, sente-se dividido. O entusiasmo pelo novo edifício fá-lo querer vê-lo pronto quanto antes. Mas apaixonou-se por Eurídice, a pintora dos cenários. Temendo não poder voltar a vê-la após o fim das obras, Jacinto prepara-se para sabotá-las, fazendo os possíveis para adiar o inevitável. Combinando eventos reais e inventados, personagens históricas e fictícias, encontramos neste musical uma versão imaginada dos ensaios gerais que precederam a inauguração do Theatro Circo. São evocados acontecimentos que irão marcar o seu futuro - ou que fazem parte do seu passado. Todas as personagens, de uma forma ou de outra, acabam por depositar ambições e desejos no teatro: para o arquiteto João de Moura Coutinho é um importante projeto; para três mecenas bracarenses, um sonho de há vários anos; Jacinto acredita que é o único sítio onde pode ver Eurídice; para Eurídice e as suas colegas, é no teatro que podem perseguir livremente as ambições que têm para as suas carreiras; para a snob Armanda V. Barreiras, é um templo dedicado “aos deuses das artes”; e para a atriz Palmira Bastos é mais uma estreia que confirma o sucesso da sua carreira. Todas elas ajudam assim a mostrar que um teatro é construído e moldado pelas diferentes pessoas que passam pela sua história. O tom geral é leve e irreverente, sem se levar a sério. Mas não menospreza - antes enaltece - aqueles que tornaram este teatro uma realidade. Este ano o projeto musical do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga é especial, inédito e único. Quatro jovens, ex-alunos do conservatório, juntaram-se e criaram esta obra que promete ser um sucesso.  

    Guião: Júlia Durand | Música: Pedro Lima, Francisco Fontes e José Diogo Martins

    Duração prevista: 90 minutos com intervalo

    PROMOTOR: Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga
Sexta - 21:30
Sábado - 21:30
Domingo - 16:30
Sala Principal
M6
12 €
Cartão Quadrilátero
6€
Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga

05 e 06 fevereiro, sexta e sábado, 21h30
07 fevereiro, domingo, 16h30

É o ano de 1915. A inauguração do Theatro Circo aproxima-se - mas as obras ainda não estão terminadas... O perfecionismo do arquiteto e dos trabalhadores colide com a ansiedade dos músicos e atores, desejosos de ensaiar naquele espaço. Jacinto, único trabalhador assumidamente míope no teatro, sente-se dividido. O entusiasmo pelo novo edifício fá-lo querer vê-lo pronto quanto antes. Mas apaixonou-se por Eurídice, a pintora dos cenários. Temendo não poder voltar a vê-la após o fim das obras, Jacinto prepara-se para sabotá-las, fazendo os possíveis para adiar o inevitável. Combinando eventos reais e inventados, personagens históricas e fictícias, encontramos neste musical uma versão imaginada dos ensaios gerais que precederam a inauguração do Theatro Circo. São evocados acontecimentos que irão marcar o seu futuro - ou que fazem parte do seu passado. Todas as personagens, de uma forma ou de outra, acabam por depositar ambições e desejos no teatro: para o arquiteto João de Moura Coutinho é um importante projeto; para três mecenas bracarenses, um sonho de há vários anos; Jacinto acredita que é o único sítio onde pode ver Eurídice; para Eurídice e as suas colegas, é no teatro que podem perseguir livremente as ambições que têm para as suas carreiras; para a snob Armanda V. Barreiras, é um templo dedicado “aos deuses das artes”; e para a atriz Palmira Bastos é mais uma estreia que confirma o sucesso da sua carreira. Todas elas ajudam assim a mostrar que um teatro é construído e moldado pelas diferentes pessoas que passam pela sua história. O tom geral é leve e irreverente, sem se levar a sério. Mas não menospreza - antes enaltece - aqueles que tornaram este teatro uma realidade. Este ano o projeto musical do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga é especial, inédito e único. Quatro jovens, ex-alunos do conservatório, juntaram-se e criaram esta obra que promete ser um sucesso.  

Guião: Júlia Durand | Música: Pedro Lima, Francisco Fontes e José Diogo Martins

Duração prevista: 90 minutos com intervalo

PROMOTOR: Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga
Outros espetáculos
22 de Março 2019 / Dança
CHUBBY BUNNY
Ver maisVer mais
23 de Março 2019 / Outros
PALCOS INSTÁVEIS – SEGUNDA CASA – WORKSHOP DE DANÇA
Ver maisVer mais
23 de Março 2019 / Música
NELSON FREIRE
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud
O Theatro Circo de Braga, S.A., usa cookies no seu site apenas para registo do idioma selecionado pelo utilizador e para verificar se o utilizador aceitou a cookie. Se continuares a usar este site, assumimos que aceitas de bom grado estas cookies.