Agenda e Bilheteira
  •  
     
    AVÓ PRÍCIA OU NO INÍCIO E NO FIM DOS TEMPOS
    5 de Abril 2018
  • Programa
  • Quinta
    21:30
    Sala Principal
    M12
    10 €
    Cartão Quadrilátero
    5 €
    A peça é sobre uma família estranha que mora numa zona isolada a trinta quilómetros da central atómica de eletricidade de Tchernobyl, numa aldeia abandonada perto do Rio Pripiat, um lugarejo, uma pequena granja, nos confins do mundo, rodeado de bosques e pântanos, e do qual não há para onde fugir. A avó Prícia, a filha Slava e o neto Vovtchik queriam ter uma vida normal, simples, mas eles têm que lutar para a mera sobrevivência. A luta não é contra a radiação, porque a avó sabe fazer acordos com a natureza, com as sereias do bosque (mavki) e outros seres que moram no bosque (será na sua imaginação?). A família tem que defender o seu pequeno mundo da grande sociedade – do agente de polícia, que não se cansa de tentar expulsá-la, e dos «caçadores», que matam os animais como divertimento. Não podem esperar ajuda de ninguém. As pessoas não têm o direito de viver numa zona isolada, e como isso é ilegal, elas não existem.

    Autor e encendador: Pavlo Arie Atores: Olena Gall-Savalska, Ruslan Vyshnevetzkiy, Serguiy Mykhaylovskiy, Evguen Gamaiunov, Svlitlana Juravliova, Pavlo Kostenko e Kostiantin Rogan | Decorador: Olga Gonobolina 

    Espetáculo em ucraniano, com legendas em português
    Duração prevista: 2h00
    Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Quinta
21:30
Sala Principal
M12
10 €
Cartão Quadrilátero
5 €
A peça é sobre uma família estranha que mora numa zona isolada a trinta quilómetros da central atómica de eletricidade de Tchernobyl, numa aldeia abandonada perto do Rio Pripiat, um lugarejo, uma pequena granja, nos confins do mundo, rodeado de bosques e pântanos, e do qual não há para onde fugir. A avó Prícia, a filha Slava e o neto Vovtchik queriam ter uma vida normal, simples, mas eles têm que lutar para a mera sobrevivência. A luta não é contra a radiação, porque a avó sabe fazer acordos com a natureza, com as sereias do bosque (mavki) e outros seres que moram no bosque (será na sua imaginação?). A família tem que defender o seu pequeno mundo da grande sociedade – do agente de polícia, que não se cansa de tentar expulsá-la, e dos «caçadores», que matam os animais como divertimento. Não podem esperar ajuda de ninguém. As pessoas não têm o direito de viver numa zona isolada, e como isso é ilegal, elas não existem.

Autor e encendador: Pavlo Arie Atores: Olena Gall-Savalska, Ruslan Vyshnevetzkiy, Serguiy Mykhaylovskiy, Evguen Gamaiunov, Svlitlana Juravliova, Pavlo Kostenko e Kostiantin Rogan | Decorador: Olga Gonobolina 

Espetáculo em ucraniano, com legendas em português
Duração prevista: 2h00
Promotor: Companhia de Teatro de Braga
Outros espetáculos
22 de Junho 2018 / Música
ANA BACALHAU - NOME PRÓPRIO
Ver maisVer mais
25 de Junho 2018 / Cinema
WESTERN (Western)
Ver maisVer mais
26 a 28 de Junho 2018 / Teatro
ANTÓNIO E BEATRIX
Ver maisVer mais
Ver todos os espetáculos
Seta Submit Seta Email Facebook Facebook Twitter Instagram Pintrest Vimeo Yootube Soundcloud Soundcloud Soundcloud